Se você acompanha os conteúdos da Beatmaker College, seja no Instagram ou no grupo do telegram, já tá ligado nesse assunto ainda que minimamente. “Como vender beats na internet?” – Eu sempre falo disso por lá, inclusive quem é aluno do nosso treinamento principal para beatmakers tem acesso a uma mentoria exclusiva sobre marketing e venda de beats na internet. Se você quer saber mais sobre o nosso treinamento é só seguir no instagram.

Por onde começar

Como vender beats na internet? Você tem que ter em mente que hoje o mundo gira em torno das redes sociais. E, mais que isso, gira em torno das redes sociais certas. Timeline de facebook já morreu e outras plataformas chegaram com os dois pés na porta, como o próprio tiktok e reels no instagram. O instagram, na minha opinião, foi e é a plataforma que mais entregou/entrega nesse sentido.

Hoje ninguém levanta da cama pela manhã e toma café sem antes olhar o celular e as notificações. Ninguém. Se você souber aproveitar isso com certeza vai atrair atenção para o que você quer oferecer.

Onde postar meus conteúdos/beats?

Há quem diga que Soundcloud e youtube morreram. Mentira. Você deve sim postar com força total, principalmente no youtube. Lá é onde entrega o maior poder de visualização de um beat completo. O souncloud também é uma ferramenta que você pode e deve usar ainda pois quanto mais lugares você conseguir captar a atenção de um possível comprador, mais chances você terá que ele ache sua rede social principal: o seu instagram.

Vou apontar 4 lugares onde você pode subir seus beats, analisar cada ponto negativo e positivo pra que você entenda e saia daqui sabendo que é possível divulgar e vender seus beats na internet. Ao final, você vai aprender como vender beats na internet de uma vez por todas.

Você está lendo: Como vender Beats na internet

SOUNDCLOUD

A verdade é que o soundcloud ainda existe e funciona. Sim! É mito dizer que a plataforma acabou porque ela ainda entrega resultado quando se pesquisa no google. Então use o soundcloud para postar seus beats e divulgar. É importante que você tenha noção de que uma plataforma que te ofereça um serviço de dar play em um som é 100% o que você precisa, então não se apegue muito aos fiscais de tempo de vida de redes sociais e sim ao que ela pode te oferecer ainda.

Soundcloud foi muito importante nos anos de 2013/14/15 pois foram anos em que muitos produtores independentes tiveram a chance de se mostrarem no mercado de forma expansiva. Mas na época era uma novidade, e toda novidade quando não é atualizada acaba caindo no esquecimento.

Mas é bom criar uma conta lá e subir seus beats também lá. Quanto mais placas de uma propaganda você vê passando na rua mais aquela propaganda fica na sua cabeça, correto? Então procure meios de mostrar seu produto.

YOUTUBE

O youtube é a plataforma que você deve investir um pouco mais de tempo e dedicação. Nele você precisa apresentar alguma imagem, ou estática ou no estilo áudio spectrum. Se você não sabe o que é áudio spectrum é só colocar no google rapidamente.

E aí é como se fosse sua vitrine principal. Você vai precisar manter um padrão de foto de perfil, capa e as tumbnails dos vídeos para que fique agradável visualmente pra quem tá chegando no seu canal.

Então sabendo disso, tire um tempinho a mais para se dedicar ao youtube. Agora ele está com uma atualização que é o shorts. O shorts é tipo um reels, são recortes de vídeos que duram no máximo 1 minuto. Até o momento não vi tanta entrega mas é uma ferramenta a mais pra você usar.

INSTAGRAM

O instagram é o meio, hoje em dia, mais importante e eficaz de se conectar com o seu cliente. Porque é lá que você vai postar o seu dia a dia nos stories, é lá que o cliente se sente mais próximo da PESSOA que criou e produziu aquele beat que ela se interessou. Então além dela ter interesse no seu trabalho apenas, agora ela vai passar a te conhecer mais intimamente, saber como você fala, como você age e como você produz.

Mas se atente a isso aqui, o seu instagram deve estar em constante movimento. Use os recursos que ele oferece: reels, stories, posts no feed, enquetes e etc. Como eu disse, é no instagram que o seu cliente vai parar ao achar seu beat no youtube ou no soundcloud.

BEATSTARS

A Beatstars é uma das plataformas mais usadas pelos produtores/beatmakers para vender seus beats. Lá é onde você vai subir seu beat e realizar a transação de venda, ou seja, o cliente que der play e gostar de algum beat seu ele vai poder comprar no mesmo lugar clicando no botão comprar logo ao lado do ícone do seu beat.

Aí já é um outro tipo de apresentação porque na Beatstars é onde de fato o cliente compra, mete o cartão e paga. Já nas mídias anteriores o cliente vai apenas te ouvir, conhecer teu trabalho e conhecer você. Por isso eu enfatizei a questão de se apresentar em mais de um lugar: Soundcloud, youtube e instagram.

Tela de compra e venda dentro da Beatstars (aproveita e me segue la: https://www.beatstars.com/erickbittencourt)

São diversos modos de apresentar o seu produto, o seu trabalho e até mesmo o seu dia a dia. Dessa maneira você irá criar uma conexão e uma intimidade muito mais profunda com a pessoa que está te acompanhando ou que te achou por acaso.

Crie a sua conta na Beatstars para começar a subir seus beats: www.beatstars.com

Curtiu esse conteúdo?

Se esse conteúdo fez sentido pra você te peço que nos siga no instagram porque lá eu falo sobre produção de beats e dou vários insights sobre todos os assuntos que rodeiam o mundo da produção

INSTAGRAM BEATMAKER COLLEGE

Te vejo lá!


Erick Bittencourt

Erick Bittencourt é formado em música, psicólogo e escritor. Seu livro "A mente por trás da música" foi top #1 livro mais lido da Amazon Brasil no ano do seu lançamento (2019). Leciona teoria e prática há mais de 7 anos e é professor de produção de beats da Beatmaker College.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *